20
out

Você ajuda o próximo? Grupo Obreiros da Luz recebe arrecadações do Espaço Jacyra

Empresa defende a prática de fazer doações e ajuda instituição filantrópica com contribuições anuais

Fazer o bem sem olhar a quem. Uma filosofia de vida que somente pessoas evoluídas e de bom coração são capazes de conseguir praticar. É preciso muita determinação, muita vontade de fazer dar certo, muito carinho, respeito e consideração pelo próximo. É aquela palavrinha que tanto temos escutado por aí, o tal do altruísmo. Instituições do terceiro setor são a prova viva de que existe sim, muitas e muitas pessoas do bem. Fazendo o bem. Hoje nós vamos falar sobre o Grupo Obreiros Luz Divina. Um local com uma história digna de ser contada e compartilhada. Então, senta que lá vem a história.

Tudo começou pelas mãos, boa vontade e sensibilidade da Sra. Thereza Zambo de Medeiros, conhecida carinhosamente como Mãe Thereza. Ano de 2002, rua Araraquara, uma moça chamada Beatriz que era funcionária de Dona Thereza, morava em um bairro muito pobre, chamado Coronel. Comovida com a necessidade das famílias do bairro, a Sra Thereza começou um trabalho de ajuda através de doações de cestas básicas, roupas e brinquedos. Esse durou uns 6 meses, até a Sra Concepcion Rodrigues Garcia, mais conhecida como Conchita, uma mulher que defendeu os munícipes das regiões de área verde de Itanhaém por muito tempo, contou que as crianças do Jardim Tanise, estavam se prostituindo para não passar fome. Inconformada com essa situação, a Mãe Thereza sabia que precisava tomar uma atitude e assim começou a distribuir sopa semanalmente para essas famílias necessitadas. Dizem que tudo que plantamos, nós colhemos, não é mesmo? As boas doações não pararam por ali.

Vendo todo o seu esforço, um dos filhos da Sra. Thereza doou o terreno. Um segundo filho, doou a cobertura. Com o primeiro bingo foi feita a construção do galpão. E assim, o Grupo Obreiros da Luz Divina, foi registrado em 21 de novembro de 2005, como uma instituição de Filantropia e Assistência Social sem fins lucrativos, voltada para o atendimento de crianças, adolescentes e adultos pertencentes a famílias de baixa renda, com o objetivo primordial de proporcionar-lhes melhores condições de vida e fortalecimento dos vínculos familiares.

Para Renata Honorio Antoneli, tesoureira da instituição, por ser um grupo espírita, todos os envolvidos acreditam nos fundamentos da caridade. “ Devemos amar uns aos outros e fazer por eles aquilo que queríamos que fizessem por nós”. Para ela, fazer bem ao próximo, deveria ser um dever de todos. “Nós realizamos esse trabalho com esperanças de um mundo melhor. A comunidade mudou muito desde a nossa chegada e ficamos gratificados de ter contribuído pelo menos um pouquinho com esta mudança. Cada minuto, cada esforço, vale a pena, principalmente quando vemos o sorriso no rosto daquelas crianças”, conta emocionada.

Sem nenhum tipo de renda fixa, desde então, o abrigo se movimenta para conseguir levantar dinheiro e ajudar essas famílias. Toda renda dos Obreiros é proveniente das vendas de roupas usadas e utensílios doados por grupos parceiros, pessoas físicas ou eventos promovidos pela diretoria como rifas, bingos, almoços beneficentes e arrecadações.

Por falar em arrecadações, o Chopp & Cia do Grupo Espaço Jacyra, anualmente, faz doações de carnes para realização das sopas. Além disso, esse ano, criaram uma ação especial para o Dia das Crianças. Recolheram em duas unidades, brinquedos novos e semi-novos (em bom estado) para distribuir à todas as crianças do Grupo Obreiros. Este tipo de atitude está totalmente amparada pelas missões e valores da empresa que acredita fielmente na entrega e na evolução do ser humano através de boas atitudes.