24
maio

5 cuidados essenciais para organizar a sua equipe interna

Organizar uma equipe é uma tarefa que exige organização, prazos, checklists e processo. Lidar com pessoas significa lidar com diferentes histórias, temperamentos e necessidades. Esse processo, exige do gestor um olhar clínico e uma metodologia balanceada para atingir e acolher a todos.
Nesse artigo separamos 5 dicas para você incrementar e organizar  a sua gestão:

1. Criação de fluxograma.

Propor para cada equipe, de cada setor uma imersão dentro do trabalho que eles executam diariamente. Separe algumas horas para cada grupo e entregue uma folha de flipchart em branco e várias canetas. A ideia é que eles construam, em consenso, o fluxograma de trabalho deles. Depois disso organize as criação em um esquema digital e de preferência visualmente divertido, imprima e coloque em algum lugar onde todos possam ter acesso. Essa técnica traz auto responsabilidade e pertencimento para as tarefas.

2. Todos precisam saber o que todos fazem!

Com relação ainda à técnica anterior, é importante que no final da produção das equipes, seja feita uma imersão de todas as equipes juntas, para cada time explicar o seu fluxograma e com isso introduzir à todos as tarefas que são atribuídas à aquela área. Esse momento ajuda em dois aspectos: gera empatia entre as responsabilidades de cada um e evita conflitos com o repasse de tarefas.

3. Vulnerabilidade. 

É comum escutarmos que a vida profissional é descolada da vida pessoal e que não pode haver esta mistura de assuntos ou sentimentos. Porém, saber um pouco da vida real de cada um, apoia a possibilidade de empatia e reduz a presença de pré-julgamentos limitadores, que geram conflito. Essa troca de informações pode ser conduzida dentro de uma dinâmica com começo meio e fim, onde estejam claros os objetivos.

4. Treinamento e vivências recorrentes: previstas em calendário!

Quando algo legal e motivador acontece com os colaboradores, a tendência de pensamento é “quando a esmola é demais o santo desconfia” e os mesmos sentem um pouco de desconfiança com aquele ambiente descontraído feito só pra eles. Isso  porque a cultura de investir em uma boa e feliz rotina de trabalho por parte da empresa para seus colaboradores ainda não é tão comum no Brasil. Por isso é importante que ao começar a investir no bem-estar da sua equipe você forneça segurança de que aquilo é algo à longo prazo e que não está sendo feito apenas para descontrair naquele momento.

5. Se você não comunicar, alguém vai!

Boas notícias, ou más, não importa, a verdade é que a comunidade que compõe as organizações cria entre si a habilidade e ferramentas para se comunicar sobre tudo que acontece. Por esse motivo, e com o intuito de construir uma relação transparente livre de medos, julgamento e desconfiança, é vital que as pessoas sejam comunicadas sobre as novidades da empresa: se estão com uma nova consultoria, se vai haver reajuste salarial, se houve alguma crise interna, se alguém da alta gestão vai deixar o cargo, entre outras coisas. Quando a empresa se posiciona, ela evita que informações não verídicas sejam criadas.

Seguindo essas dicas fica muito mais fácil de gerir a sua equipe com coerência e organização. Construir uma relação de confiança é algo que leva tempo, e às vezes algumas a situações frustrantes. Contudo, o mais importante precisa ser o seu objetivo, saber onde você quer chegar com as suas ações deixa o caminho muito mais leve.

Boa sorte!

Se essa matéria te interessou, temos uma dica de dinâmica que pode fomentar bastante vulnerabilidade e integração entre as pessoas da equipe.